domingo, janeiro 28, 2007

Campeonato de Portugal - 1926/27

VI CAMPEONATO DE PORTUGAL
1926/27

Ribeiro dos Reis, Ricardo Ornelas e Cândido de Oliveira, constituíram a comissão que organizou o projecto do novo regulamento do Campeonato de Portugal, que foi aprovado e executado já nesta época com a intenção de que mais clubes pudessem tomar parte na competição máxima.
Estabeleceu-se assim um Torneio de Classificação a anteceder a Competição de Honra e para tal considerou-se o país dividido em quatro grupos e catorze sub-grupos.
Em cada um dos grupos apuravam-se por eliminação um vencedor; ao todo catorze apurados que iam juntar-se aos outros catorze isentos e o representante das Ilhas.
Por esta forma o campeonato decidir-se-ia em cinco eliminatórias e no primeiro ano, os isentos, isto é, os dispensados do Torneio de Classificação seriam 6 de Lisboa, 3 do Porto, 2 do Algarve, 1 de Aveiro, 1 de Braga, e 1 de Santarém.
A indicação dos isentos dentro das associações regionais obedeceu à classificação obtida pelos clubes na época de 1925/26.
Nos anos seguintes ficariam isentos de ofício, os 14 vencedores da 1ª eliminatória da Competição de Honra do ano anterior.


Isentos
Vitória Futebol Clube Setúbal (Lisboa)
Clube Futebol Os Belenenses (Lisboa)
Carcavelinhos Futebol Clube (Lisboa)
Sporting Clube de Portugal (Lisboa)
representante do Algarve - desistiu
Casa Pia Atlético Clube (Lisboa)
Futebol Clube do Porto (Porto)
Sport Clube de Vila Real (Vila Real)
Boavista Futebol Clube (Porto)
Sport Progresso (Porto)
Leixões Sport Clube (Porto)
Sporting Clube de Espinho (Aveiro)
Luso Sporting Clube (Beja)
Clube Sport Marítimo (Funchal)

Apurados da Competição de Classificação *
Despertar Sport Clube (Beja)
S.G. Scalabitano Os Leões (Santarém)
representante do Algarve – desistiu
Sport Clube Portalegre (Portalegre)
Sport Lisboa e Benfica (Lisboa)
União Futebol Clube Coimbra (Coimbra)
Sport Comércio e Salgueiros (Porto)
Clube dos Galitos (Aveiro)
Sport Clube Vianense (Viana do Castelo)
Sporting Clube de Braga (Braga)
Ass. Académica de Coimbra (Coimbra)
Império Lisboa Clube (Lisboa Norte)
Sporting Clube Olhanense (Algarve)
Futebol Clube Barreirense (Lisboa Sul do Tejo)

* Independente dos campeonatos distritais.

1ª Eliminatória

IMPÉRIO – LUSO BEJA, 4-0
6-3-1927, Lisboa (Campo de Palhavã)
Árbitro: José Simões (Benfica)
Marcadores:
1-0 Oliveira I
2-0 Oliveira I
3-0 Varela
4-0 Agrípio
Império –

Luso Beja –


VIANENSE – PROGRESSO, 0-1
6-3-1927, Viana do Castelo (Campo de Monserrate)
Árbitro: José Domingos Fernandes (Lisboa)
Marcadores:

Vianense – Alexandre Cal


Progresso –


BARREIRENSE – OLHANENSE, 9-4
6-3-1927, Lisboa (Campo de Palhavã)
Árbitro: Doroteo Flecha Rodrigues (Beja)
Marcadores:
0-1 Belo (5)
1-1 Correia (8)
1-2 Belo (10)
2-2 Correia (20)
3-2 Pireza (35)
3-3 Belo (45gp)
4-3 Correia (46)
4-4 Belo (57)
5-4 Correia (58)
6-4 Pireza (65)
7-4 Pireza (66)
8-4 ???
9-4 ???
Barreirense – Augusto Sabbo
Manuel Pascoal; Joaquim Menezes e António Almeida; Álvaro Pina, Joaquim Figueiredo e José João Soares; Raul Jorge, Agrípio Cardoso, José Correia, João Pireza e Bento de Almeida.
Olhanense –
Carlos Martins; Francisco Dias e José Raimundo; Fausto Peres, Jaime Viegas e Francisco Montenegro; Domingos Neves, José de Oliveira Belo, José Gralho, José Carlos Delfim e Cassiano.

BOAVISTA – GALITOS, 3-0
6-3-1927, Braga (Campo do Raio)
Árbitro: António Lopes (Aveiro)
Marcadores:
Chelas (2 golos)
Alberto Simões
Boavista –
Manuel Sousa “Casoto”; Luzia e Óscar; Amorim, Nunes e Pinto; José Rodrigues Chelas, Maximino, Alberto Simões, Simões II e Gouveia.
Galitos –
Sardo; Vieira e Marques; Matos, Natividade e Álvaro; A. Picado, Simões, ??? , César e J. Picado.

SALGUEIROS – VILA REAL, 4-0
6-3-1927, Porto (Campo do Covelo)
Árbitro: Manuel Sousa “Casoto” (Boavista)
Marcadores:
1-0 Fontes (3)
2-0 Reis (55)
3-0 Reis (60)
4-0 Reis (90)
Salgueiros –
Soares; Sousa e Leonel Gomes Gaspar; Eduardo Ferreira, Neca e Coentro Faria; Francisco Carvalho, Alberto Augusto, Reis, Fontes, Américo Marques Teixeira.
Vila Real –
Álvaro; Américo e Ribeiro; Álvaro II, Militão e Nunes; João, Fontes, Gonçalves, Aranha e Vítor.

V. SETÚBAL – DESPERTAR, 12-0
6-3-27, Setúbal (Campo dos Arcos)
Árbitro: António Monteiro Peste (Santarém)
Marcadores:
Cambalacho (5 golos)
Armando (2)
Nazaré (2)
J. Santos
Ferreira
Eduardo
V. Setúbal – Artur John (Inglês)
Artur Augusto; Joaquim Ferreira e Francisco José da Silva; Augusto José, Aníbal José e Matias Carlos; Eduardo Augusto, João dos Santos, Octávio Cambalacho, Armando Martins e Francisco dos Santos “Nazaré”.
Despertar -
Hilário Silva; António Mendes e Luís Branco; Manuel Venâncio, Clito e Modesto; Bull, Firmino Lopes, Cevil, Silva e Reis.

ACADÉMICA – SP. ESPINHO, 3-1
6-3-1927, Coimbra (Campo da Quinta Agrícola)
Árbitro: Silva Ramos (Lisboa)
Marcadores:
1-0 Rangel
2-0 Albano
3-0 Albano
3-1 Alberico
Académica –
Armando Sampaio; Guedes Pinto e Trindade; Dória, Francisco Duarte e Corte Real; Machado, Abelha, Rangel, Albano Paulo e Ladeira.
Sp. Espinho –
A. Sousa; Gomes e Artur Moreira; Fernandes, Isaac Moreira e Ferraz; Miranda, Barbosa, Lusitano Gil, António Rodrigues e Alberico.

SC PORTALEGRE – SPORTING, 1-7
6-3-1927, Portalegre
Árbitro: Bernardes da Silva (Santarém)
Marcadores:
0-1 Alfredo Sousa
0-2 Lopes
0-3 Cervantes
0-4 Alfredo Sousa
0-5 Lopes
0-6Lopes
1-6 Lopes
1-7 José Manuel (gp)
Portalegre –

Sporting –
Cipriano Nunes; José Leandro e Jorge Vieira; Jaime O’Neill, Serra e Moura, e Martinho de Oliveira; Alfredo de Sousa, Abrantes Mendes, Filipe dos Santos, Agostinho Cervantes e José Manuel Martins.

LEIXÕES – SP. BRAGA, 0-3
6-3-927, Porto (Campo do Covelo)
Árbitro: João dos Santos Júnior (Lisboa)
Marcadores:
0-1 Cruz (5)
0-2 Gumercindo (20)
0-3 Gumercindo (42)
Leixões –
Domingos; Sousa e Santos; Biscaia, Gomes e Rodrigues; Gabriel, Maia Pinto, Sousa, Henrique Moreira e Pereira.
Sp. Braga –
Castro; Lopes e Augusto Romão; Laureta, Alberto Augusto e Júlio Gonçalves; Carvoeiro, Neca, Gumercindo, Cruz e Mendes.

CASA PIA – U. COIMBRA, 5-0
6-3-1927, Lisboa (Campo de Palhavã)
Árbitro: José Mota (Porto)
Marcadores:
Gustavo (4 golos)
???
Casa Pia –
António Roquete; António Pinho e Heitor Guedes; José A. Almeida cap, Dionisio Lopes e Vasco Raposo; José Maria, António Lopes, Gustavo Teixeira, Domingos Gonçalves e Álvaro Gralha.
União –
Nito; Cabreira e Oliveira; Ferreira, Carrasqueiro e Luís Simões; João Fresco, Augusto Matos, José da Silva, Francisco Correia e Daniel Lopes.

OS LEÕES – BELENENSES, 1-9
6-3-1927, Santarém (Campo de São Lázaro)
Árbitro: Gaspar Queirós (Porto)
Marcadores:
Rodrigues (Os Leões)
???
Os Leões –

Belenenses – Artur José Pereira


ESTRELA BRAGA – FC PORTO, 0-11
6-3-1927, Braga (Campo do Raio)
Árbitro: António Lopes (Aveiro)
Marcadores:

Estrela –


FC Porto – Akos Tezler (Hun)


Oitavos-de-Final

IMPÉRIO LISBOA – PROGRESSO PORTO, 7-0
3-4-1927, Lisboa (Campo de Palhavã)
Árbitro: António Monteiro Peste (Santarém)
Marcadores:
???
Império –


Progresso –


BOAVISTA – BARREIRENSE, 0-2
3-4-1927, Porto (Campo do Bessa)
Árbitro: Constantino Encarnação (Viana do Castelo)
Marcadores:
0-1 Correia
0-2 Cardoso
Boavista –
Manuel Sousa “Casoto”; Eduardo e Óscar, Amorim, Nunes e Pinto; José Rodrigues Chelas, Alberto Simões I, Maximino, Simões II, Paiva.
Barreirense – Augusto Sabbo
Manuel Pascoal; Joaquim Silveira e António Almeida; Álvaro Pina, Joaquim Figueiredo e José João; Raul Jorge, Agrípio Cardoso, José Correia, João Pireza e Bento de Almeida.

SALGUEIROS – V. SETÚBAL, 0-2 (a)
3-4-1927, Porto (Campo do Covelo)
Árbitro: Ramon Folch (Viana do Castelo)
Marcadores:
0-1 Cambalacho
0-2 F. Soares
Salgueiros –
Soares, Leonel Gomes Gaspar e Sousa; Neca, José Maria e Coentro Faria; Carvalho, Ribeiro, Reis, Américo Teixeira e Manuel Teixeira.
V. Setúbal – Artur John (Inglês)
Artur Augusto; Joaquim Ferreira e Francisco Silva; Domingos Ferreira, Aníbal José e Matias Carlos; Eduardo Augusto, João Santos, Octávio Cambalacho, Matos e F. Soares.

(a) Este jogo foi anulado, motivado por erros graves do árbitro e no 2º Jogo, o Salgueiros não compareceu.

SPORTING – ACADÉMICA, 9-1
3-4-1927, Lisboa (Campo Grande)
Árbitro: João Santos Júnior (Lisboa)
Marcadores:
Filipe (5)
Cervantes
Jaime
José Manuel
Luís Trindade (pb)
Académica: Corte Real (gp)
Sporting –
Cipriano Nunes: José Leandro e Jorge Vieira; Jaime O’Neill, Pestana de Oliveira e Martinho de Oliveira; Abrantes Mendes, Jaime Gonçalves, Filipe dos Santos, Agostinho Cervantes e José Manuel Martins.
Académica –
Armando Sampaio; Luís Trindade e Guedes Pinto; Corte Real, Francisco Duarte e Joaquim Miguel; Ladeira, Albano Paulo, João Lopes, Augusto Almeida e Fernando Pais.

SP. BRAGA – BENFICA, 3-4
3-4-1927, Braga (Campo do Raio)
Árbitro: José Mota (Porto)
Marcadores:
DI, DI, 3-4 Alberto Augusto – Nunes, Gonçalves, Vítor Hugo, Simões
Sp. Braga –

Benfica – Ribeiro dos Reis
António Jacinto; Ralph Bailão e Luís Costa; Raul Figueiredo, Artur Travaços e Vítor Hugo Tavares; Pereira Nunes, José Simões, Jorge Tavares, Germano Costa Campos e António Gonçalves.

CARCAVELINHOS – CASA PIA, 3-1 (a)
24-4-1927, Lisboa (Campo Grande)
Árbitro: João Santos Júnior (Lisboa)
Marcadores:
1-0 Álvaro R.
2-0 J. Grilo
3-0 Olímpio Rodrigues
1-3 Rosmaninho
Carcavelinhos –

Casa Pia –

(a) Jogo de repetição.

BELENENSES – FC PORTO, 3-2
03-04-1927, Lisboa (Campo de Palhavã)
Árbitro: Doroteo Flecha Rodrigues (Beja)
Marcadores:
0-1 Mesquita
0-2 Resberg
1-2 Pepe
2-2 Silva Marques
3-2 Pepe
Belenenses – Artur José Pereira
Francisco Assis; Eduardo Azevedo e Raul Silva; Joaquim Almeida, Augusto Silva e César Matos; Fernando António, Silva Marques, Severo Tiago, José Manuel Soares “Pepe” e Alfredo Ramos.
FC Porto – Akos Tezler (Hun)
Miguel Siska; Pedro Temudo e Flávio Laranjeira; Álvaro Sequeira, Coelho da Costa e Álvaro Pereira; Waldemar Mota, Acácio Mesquita, Resberg, Norman Hall e Augusto Ferreira “Simplício”.

Quartos-de-Final

BARREIRENSE – IMPÉRIO LISBOA, 3-1
01-05-1927, Lisboa (Campo do Lumiar)
Árbitro: José Domingos Fernandes (
Marcadores:
Barreirense – Augusto Sabbo

Império –


V. SETÚBAL – SPORTING, 1-0
01-05-1927, Lisboa (Campo das Amoreiras)
Árbitro: Carlos Santos Monteiro (
Marcadores:
1-0 Cambalacho
V. Setúbal – Artur John
Artur Augusto; Joaquim Ferreira e Francisco José da Silva; Augusto José, Aníbal José e Matias Carlos; Eduardo Augusto, João dos Santos, Octávio Cambalacho, Armando Martins e Francisco dos Santos “Nazaré”.
Sporting –
Cipriano Nunes; José Leandro e Jorge Vieira; Jaime O’Neill, Serra e Moura e Martinho de Oliveira; José Simões, Abrantes Mendes, Filipe dos Santos, Agostinho Cervantes e José Manuel Martins.

BENFICA – CARCAVELINHOS, 5-0
01-05-1927, Lisboa (Campo das Amoreiras)
Árbitro: Raul Fernandes (
Marcadores:
1-0 Jorge Tavares (25)
2-0 Jorge Tavares (42)
3-0 A. Gonçalves (43)
4-0 A. Gonçalves (70)
5-0 Jorge Tavares (78)
Benfica – Ribeiro dos Reis
António Jacinto; Ralph Bailão e Luís Costa; Artur Travaços, Jorge Figueiredo e Vítor Hugo Tavares; Pereira Nunes, José Simões, Jorge Tavares; Mário Carvalho e António Gonçalves.
Carcavelinhos –


BELENENSES – MARÍTIMO, 8-1
03-05-1927, Lisboa (Campo do Lumiar)
Árbitro: Silvestre Rosmaninho (Lisboa)
Marcadores:
1-0 Alfredo Ramos
2-0 Augusto Silva
3-0 Silva Marques
4-0 Silva Marques
5-0 Pepe
6-0 Alfredo Ramos
6-1 António Alves
7-1 Pepe
8-1 Silva Marques
Belenenses – Artur José Pereira
Francisco Assis; Eduardo Azevedo e Raul Silva; Joaquim Almeida, Augusto Silva e César Matos; Fernando António, Silva Marques, Severo Tiago, José Manuel Soares “Pepe” e Alfredo Ramos.
Marítimo –
Ângelo Ortega Fernandes; António Sousa e António Teixeira “Canário”; Domingos Vasconcelos, Francisco Lopes e Manuel da Silva; José Ramos, Eurico Alves, António Teixeira “Camarão”, António Alves e José Fernandes.

Meia-Final

V. SETÚBAL – BARREIRENSE, 1-0
15-05-1927, Lisboa (Campo do Lumiar)
Árbitro: Ilídio Nogueira (Lisboa)
Marcadores:
1-0 Aníbal José
V. Setúbal – Artur John
Artur Augusto; Joaquim Ferreira e Francisco José da Silva; Augusto José, Aníbal José e Matias Carlos; Eduardo Augusto, João dos Santos, Octávio Cambalacho, Armando Martins e Francisco dos Santos “Nazaré”.
Barreirense – Augusto Sabbo
Manuel Pascoal; Joaquim Silveira e António de Almeida "Antoninho"; Álvaro Pina, Joaquim Figueiredo e José João M. Soares; Raul Jorge, Agrípio Cardoso, José Correia "Toupeira", João Pireza e Bento de Almeida.

O jogo durou efectivamente cerca de 44 minutos, já que o treinador do Barreirense, Augusto Sabbo, "ordenou aos jogadores que abandonassem o campo", devido a suposto comportamento violento dos jogadores do Vit.Setúbal.

BELENENSES – BENFICA, 2-0 (a.p.)
15-5-1927, Lisboa (Campo do Lumiar)
Árbitro: Silvestre Rosmaninho (Lisboa)
Marcadores:
1-0 Silva Marques (102)
2-0 Soares (115)
Belenenses – Artur José Pereira
Francisco Assis; Eduardo Azevedo e Raul Silva; Joaquim Almeida, Augusto Silva e César de Matos; Fernando António, Alfredo Ramos, Silva Marques, José Manuel Soares “Pepe” e José Luís.
Benfica – Ribeiro dos Reis
Jacinto Nunes; Ralph Bailão e Luís Costa; Artur Travaços, Raul Figueiredo e Vítor Hugo; Jorge Tavares, Simões, Pereira Nunes, Mário Carvalho e António Gonçalves.

Final

BELENENSES – V. SETÚBAL, 3-0
12-6-1927, Lisboa (Campo do Lumiar)
Árbitro: João dos Santos Júnior (Lisboa)
Marcadores:
1-0 Augusto Silva (63)
2-0 Silva Marques (86)
3-0 Silva Marques (89)
Belenenses – Artur José Pereira
Francisco Assis; Eduardo Azevedo e Júlio Marques; Joaquim Almeida, Augusto Silva e César Matos; Fernando António, Alfredo Ramos, Silva Marques, José Manuel Soares “Pepe” e José Luís.
V. Setúbal – Artur John
Artur Augusto; Francisco Silva e Isidoro Rufino; Augusto José, Aníbal José e Matias Carlos; Eduardo Augusto, João dos Santos, Octávio Cambalacho, Armando Martins e Francisco Santos “Nazaré”.

Etiquetas: , ,

4 Comentários:

Às 09:22 , Anonymous Anónimo disse...

Primeiro voltar a referir que isto é um belo blog.

Zedabola, tenho algumas dúvidas:
1) Os isentos não correspondem às quantidades por associação referidas no texto.
2) Olhanense devia então ser isento por ser campeão 25/26 do Algarve?
3)O mesmo se passa com SC Braga e Leões de Santarém?
4) O Benfica em 25/26 ficou à frente do Casa Pia no campeonato de Lisboa então também deveria ser isento?
5) Falta o Estrela de Braga nos não isentos?

Gary

 
Às 09:42 , Anonymous Anónimo disse...

Muito bom estes artigos Sr. Zé.

Uma curiosidade, por acaso não sabe como ficou o 1.º jogo entre o Carcavelinhos e o Casa Pia.

Manel

 
Às 22:01 , Blogger Daniel Barros disse...

Relativamente ao jogo das meias-finais Vitória Setúbal - Barreirense, a equipa do Barreirense alinhou com os seguintes jogadores:

Manuel Pascoal; Joaquim Silveira e António de Almeida "Antoninho"; Álvaro Pina, Joaquim Figueiredo e José João M. Soares; Raul Jorge, Agrípio Cardoso, José Correia "Toupeira", João Pireza e Bento de Almeida".

O jogo durou efectivamente cerca de 44 minutos, já que o treinador do Barreirense, Augusto Sabbo, "ordenou aos jogadores que abandonassem o campo", devido a suposto comportamento violento dos jogadores do Vit.Setúbal.

A história (e tendo em atenção que a fonte utilizada é um jornal do concelho do Barreiro) está na obra de José Rosa Figueiredo, "70 Anos de Vida do Futebol Clube Barreirense".

 
Às 21:08 , Blogger zenabola disse...

Daniel, obrigado pela sua colaboração, a ficha do Barreirense será inserida proximamente. Quanto às restantes "dicas" etsão referidas no Campeonato de Portugal de 1921/22. Neste momento estou a fazer uma revisão de todas as fichas já apresentadas porque descobri muitos erros e tambem estou a completar os nomes completos de muitos jogadores e em breve republicarei todos os Campeonatos de Portugal e Balanços do Campeonato.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial